2º Concurso da Corte Mirim do Carnaval Paulista

asasp

AINDA DÁ TEMPO!!!!

Vai até o dia 15/10/2017, domingo, as inscrições para o 2º concurso da Corte Mirim do Carnaval Paulista, realizado pela Associação dos Sambistas do Amanhã de São Paulo – ASASP, que escolherá a Rainha, 1ª e 2ª Princesas e Passista de Ouro nas categorias: Mirim (de 08 a 11 anos), Infantil (de 12 a 14 anos) e Juvenil de (15 a 17 anos).

Para maiores informações: asasp.sp2016@gmail.com ou 11 – 95807 3055

asasp corte mirim

Anúncios

Tucuruvi abraça o Outubro Rosa!

Colaboração Matéria e Fotos
Renato Cipriano
Whatsapp 11 993135618

 

Na noite do último sábado (07), a Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi, do grupo especial de São Paulo, realizou mais uma edição do ensaio geral de quadra rumo ao carnaval 2018.

Neste primeiro ensaio do mês de outubro, a agremiação que é Presidida pelo Sr.Jamil Elselan, aderiu a campanha “Outubro Rosa”, onde empresas, governos e outras instituições realizam neste mês ações lembrando a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Criada em 1990 nos Estados Unidos e agora popular no mundo todo, o movimento tem como símbolo um laço cor de rosa.

Durante o ensaio que teve o comando do intérprete oficial Alex Soares cantando e agitando a galera, o destaque da noite ficou por conta dos integrantes que abraçaram a causa e fizeram questão de utilizarem o símbolo do lancinho rosa, entre eles a bailarina e professora de dança, Cintia Mello, a qual é Musa da Bateria e exibiu muita sensualidade a bordo de um corselet rosa, exibindo muito carisma enquanto sambava a frente a Bateria do Zaca.

O time ainda foi composto pelas lindas Musas que compõem a Ala Show da agremiação, as quais são coordenados pelo passista malandro André Araújo, além da graciosidade das passistas Plus Size que integram a Ala Plusamba, coordenadas por Aldria Adiola.

Todos os demais segmentos da escola fizeram questão de aderir a campanha e exibiram com muita elegância e carisma o seus símbolos da campanha “Outubro Rosa”.

No carnaval de 2018 o Zaca como é conhecido carinhosamente entre os sambistas, será a terceira agremiação a se apresentar na sexta-feira de carnaval, dia 09 de fevereiro, sendo a primeira noite dos desfiles do grupo especial de São Paulo, onde levará para o Sambódromo do Anhembi o enredo desenvolvido pelo carnavalesco Flavio Campello, de título “Uma noite no Museu”, o qual foi inspirado na trilogia de Hollywood de mesmo nome, porém com adaptações que serão contadas sobre museus situados no mundo inteiro

 

Boêmios da Vila apresenta seu Samba-Enredo para 2018

Para 2018 a Escola de Samba Boêmios da Vila leva para a avenida o enredo: DA NATUREZA AO CARNAVAL. TUDO SE RECRIA, NADA SE PERDE, TUDO SE TRANSFORMA ATÉ EM FANTASIA, será a primeira escola a desfilar na segunda-feira, dia 12 de fevereiro, no Butantã e é uma das primeiras escolas a divulgar seu samba-enredo 2018.

Escute o áudio, decore a letra, guarde a data na agenda e corra pra avenida com a escola.

 

SAMBA ENREDO BOÊMIOS DA VILA 2018

DA NATUREZA AO CARNAVAL
TUDO SE RECRIA, NADA SE PERDE, TUDO SE TRANSFORMA ATÉ EM FANTASIA

Presidente: Adilson Silva
Diretor de Carnaval e Carnavalesco: J. Ivo Brasil
Compositores: Dom Marcos e Diego Falanga
Intérprete: Ricky Dyzion

 

Sou boêmios da vila num só coração
O meu manto sagrado é meu pavilhão
Vou transformando a alegria é geral
Recriando nosso carnaval!!

Oh mãe natureza
Sua grandeza faz a vida se banhar
Na química a certeza da metamorfose mergulhar
A arte veio então modernizar
O folclore alastrou a cultura popular
Lendas e mitos contos e ritos
Quantas cantorias ao luar
Nas brincadeiras danças festeiras
Lindo povo a brincar

Muiraquitã, que a bela índia ofertou
Da pedra um amuleto ao seu amor
Sua beleza brilha nas estrelas
Em lua prateada se tornou

E seguindo esse caminho
O homem o calendário então criou
Entre datas e festas o tempo organizou
Uma nova era se anuncia
E faz a vida se modificar
É o mito da ave lendária que renasce das cinzas
A perpetuar como a borboleta se transforma
Na vida eu tenho jongo prá dançar

Vai meu samba sempre a lutar
Filhos de momo faz meu povo se alegrar
Vou transformar, deixa rolar, nessa folia
Nossa escola vai passar

Ensaios Técnicos Carnaval SP 2018

Já estão definidas as datas dos Ensaios Técnicos do Carnaval de São Paulo 2018. Você vai poder acompanhar as primeiras apresentações da sua escola do coração entre os dias 5 de janeiro e 2 de fevereiro de GRAÇA no Anhembi.

ENSAIOS-TECNICOS-2018-Agenda2

Fonte: LIGA SP

LIESA cancela ensaios técnicos.

Carnaval 2018 – A cinco meses do carnaval, as escolas de samba do Grupo Especial do Rio continuam com o pires na mão, sem recursos. A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) resolveu suspender de vez os ensaios técnicos realizados entre os meses de janeiro e fevereiro no Sambódromo. A festa, que servia de teste para o desfile oficial, era gratuita e levava milhares de sambistas e espectadores à Marques de Sapucaí.

De acordo com Jorge Castanheira, presidente da Liesa, os gastos com os ensaios técnicos representam uma despesa anual que gira em torno de R$ 3,5 milhões. O dinheiro é utilizado para pagar custos como segurança, limpeza de banheiros, carros de som e até confecção de camisas para componentes das escolas de samba. Para Castanheira, a decisão do cancelamento só seria revogada se houvesse uma patrocínio.

— O ensaio técnico está sendo cancelado porque a Liesa não tem recursos. Não tem como a gente fazer. Sem recursos, só se a gente tiver um patrocínio. Por enquanto, não tem. Por 15 anos, a Liga vem bancando sozinha esses ensaios. Isso aí, prá gente, é um custo de R$ 3,5 milhões a R$ 4 milhões por ano. O dinheiro é gasto com segurança, limpeza de banheiros, controle, carro de som, a gente banca tudo. Por 15 anos, a gente bancou. Este ano, infelizmente, não vamos conseguir fazer — afirmou ele.

Fonte: Jornal Extra/RJ.

Privatização do Anhembi é suspensa pelo TCM.

Anhembi

Foto: internet

O Tribunal de Contas do Município (TCM) suspendeu uma licitação aberta pela gestão João Doria (PSDB) para contratar uma instituição financeira que cuidará de todo o processo de privatização do Complexo do Anhembi, que inclui o sambódromo e o pavilhão de exposições, na zona norte de São Paulo. O negócio será feito por meio da venda da São Paulo Turismo (SPTuris), empresa de eventos da Prefeitura dona do complexo, em leilão na Bolsa de Valores.

A suspensão do pregão foi determinada pelo conselheiro Domingos Dissei no último sábado, 23, a partir de uma representação feita pelos vereadores Eduardo Tuma (PSDB), Antonio Donato (PT), Isac Félix (PR) e David Soares (DEM). Os parlamentares alegaram que o edital da licitação, publicado em julho pela Secretaria Municipal de Desestatização e Parcerias, restringia a concorrência ao limitar a participação no certame aos bancos.

“A representação quer corrigir o erro formal cometido pela Secretaria de Desestatização porque a licitação não atendia à lei ao impedir a ampla concorrência”, disse Tuma. Segundo o edital, o banco contratado ficaria encarregado de fazer a avaliação econômico-financeira de toda estrutura do Anhembi que será privatizada, definir o preço mínimo, e executar a venda da SPTuris e seus ativos na Bolsa de Valares. O custo máximo previsto com o serviço é de R$ 11 milhões, mas a secretaria espera gastar menos do que isso.

Em seu despacho, o conselheiro Domingos Dissei afirma que uma auditoria feita pelo tribunal constatou dez irregularidades iniciais no edital. O documento foi retificado em agosto e, mesmo assim, segundo o TCM, restaram três “inconsistências”. São elas: falta de justificativa para agregar todos os serviços em um único contrato; falta de definição sobre as restrições de uso dos imóveis e das metodologias de avaliação, e restrição competitiva na licitação.

A gestão Doria afirma que não vai assinar o contrato de operação da privatização do Anhembi antes da aprovação do projeto de lei na Câmara Municipal. A expectativa é de que as duas votações ocorram até outubro e de que o leilão possa ser feito até o fim deste ano. O projeto prevê que os novos controladores da SPTuris terão de ceder o sambódromo à Prefeitura por até 60 dias por ano para a realização do carnaval.

Em nota, a Secretaria de Desestatização afirmou que “irá responder o mais rápido possível aos questionamentos levantados pelo tribunal para dar prosseguimento à contratação”. Segundo a pasta, “embora o projeto de lei para a venda da SPTuris ainda não tenha sido aprovado pela Câmara Municipal, é possível iniciar o processo para contratação da instituição” e “a contratação só será assinada quando o projeto for, de fato, aprovado pelo Legislativo”.

Ainda de acordo com a secretaria, “todas as dúvidas apontadas pelos vereadores estão sendo sanadas” e a secretaria vai participar de audiência pública convocada pela Câmara na próxima sexta-feira, 29, para debater a venda da SPTuris com a sociedade. “O objetivo é prestar todos os esclarecimentos possíveis para a sociedade e para os representantes do Legislativo municipal a respeito da venda desse ativo, que poderá trazer verba que será investida em áreas prioritárias como, saúde, educação, habitação, segurança, mobilidade e assistência social”.

A decisão de vender o Anhembi junto com a SPTuris foi tomada por Doria para facilitar a negociação na Bolsa. A Prefeitura colocará à venda sua participação acionária na companhia, que é de 97%. Além disso, com as privatizações do Anhembi e do Autódromo de Interlagos, também administrado pela SPTuris, a estatal municipal ficaria sem função. Hoje, a empresa tem cerca de 400 funcionários e receita anual de quase R$ 250 milhões

Fonte: Agência Estado / Fabio Leite

ADESP comemora 18 anos e realiza a segunda edição do Prêmio Benemérito do Carnaval Paulistano

A Associação dos Destaques das Escolas de Samba do Estado de São Paulo – ADESP, dentro das comemorações dos seus 18 anos realizará no dia 29 de setembro/17(Sexta-feira), a segunda edição do Prêmio Benemérito do Carnaval Paulistano destinados aos Destaques Carnavalescos e Personalidades do Samba.

Nesta oportunidade, além das outorgas dos prêmios, acontecerá também a entrega oficial da propositura de um Projeto de Lei onde se criará o “Dia do Destaque do Carnaval de São Paulo”, a ser comemorado no dia 11 de março de cada ano.

A solenidade acontecerá no Plenário 1º de Maio da Câmara Municipal de São Paulo – Palácio Anchieta, localizado no Viaduto Jacareí, 100 – 1º andar – Bairro da Bela Vista – São Paulo (SP).

convite adesp

Escolas do Grupo 1 da UESP se filiam a LIGA SP.

 

Meses de negociação e após votação positiva das agremiações o Grupo 1 passa a ser gerido integralmente pela Liga das Escolas de Samba de São Paulo que contará em seu quadro 34 afiliadas.

Sendo assim a LIGA SP vai gerir os desfiles do Anhembi e a UESP os desfiles realizados nos bairros, mas, algumas questões ainda não estão resolvidas, como: Regulamento e critérios de julgamento; Quantas escolas sobem e/ou descem para os grupos subsequentes; Regras de exclusividade; Ensaios Técnicos; Transmissão de TV…

Itens definidos: Jurados do Grupo 1 também serão geridos pela LIGA SP; Apuração será na terça-feira junto com o Grupo Especial e Acesso;

Veja a ordem dos desfiles:

Grupo Especial – Sambódromo do Anhembi – sexta-feira, 09/02/2018
1 – Independente
2 – Unidos do Peruche
3 – Acadêmicos do Tucuruvi
4 – Mancha Verde
5 – Acadêmicos do Tatuapé
6 – Rosas de Ouro
7 – Tom Maior

Grupo Especial – Sambódromo do Anhembi – sábado, 10/02/2018
1 – X-9 Paulistana
2 – Império de Casa Verde
3 – Mocidade Alegre
4 – Vai-Vai
5 – Gaviões da Fiel
6 – Dragões da Real
7 – Unidos de Vila Maria

Grupo de Acesso – Sambódromo do Anhembi – domingo, 11/02/2018
1 – Barroca Zona Sul
2 – Leandro de Itaquera
3 – Nenê de Vila Matilde
4 – Colorado do Brás
5 – Camisa Verde e Branco
6 – Águia de Ouro
7 – Pérola Negra
8 – Imperador do Ipiranga

Grupo 1 – Sambódromo do Anhembi – segunda, 12/02/2018
1 – Uirapuru da Mooca
2 – Dom Bosco
3 – Brinco da Marquesa
4 – Combinados de Sapopemba
5 – Amizade Zona Leste
6 – Estrela do Terceiro Milênio
7 – Torcida Jovem
8 – Santa Bárbara
9 – Camisa 12
10 – Mocidade Unida da Mooca
11 – Morro da Casa Verde
12 – Tradição Albertinense

Tucuruvi faz festa dos pilotos

Colaboração e crédito das Fotos: Renato Cipriano / Assessor de Imprensa Tucuruvi

Na noite do último sábado (16), a Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi, do grupo especial de São Paulo, realizou uma grande festa no salão nobre do Clube Guapira, situado na zona norte da capital paulistana, para a apresentação dos protótipos dos pilotos de suas fantasia para o carnaval 2018.

A agremiação que é Presidida por Sr.Jamil Elselan, reuniu toda a sua comunidade, amigos e convidados, em um evento que rolou madrugada a dentro deste domingo (17), tendo o término em torno das 5 horas da manhã.

Logo na abertura da festa, o Grupo de Samba ‘Segunda Sem Lei’ foi o grande responsável em animar a noite, que ainda contou com a apresentação da escola coirmã Sociedade Rosas de Ouro, que relembrou vários sambas antológicos na voz de seu intérprete oficial, o cantor Royce do Cavaco, com o show da bateria de Identidade ao comando do Mestre Rafa Oliveira.

No meio da festa o carnavalesco Flavio Campello, preparou várias apresentações teatrais que ajudaram a ilustrar o enredo “Uma noite no Museu”, inspirado na trilogia do filme de mesmo nome, porém com adaptações que serão contadas sobre museus situados no mundo inteiro.

Dentre o show dos segmentos da Tucuruvi, o público pode presenciar o gingado e o carisma da rainha de bateria, que trata-se da apresentadora Daniela Albuquerque, a qual já é presença confirmada por mais um ano a frente dos ritmistas da ‘Bateria do Zaca’, que possui no comando o Mestre Guma Sena, onde a beldade irá desfilar ao lado da Musa Cintia Mello, bailarina e professora de dança.

No carnaval de 2018 o Zaca como é conhecido carinhosamente entre os sambistas, será a terceira agremiação a se apresentar na sexta-feira de carnaval, dia 09 de fevereiro, sendo a primeira noite dos desfiles do grupo especial de São Paulo.