Privatização do Anhembi é suspensa pelo TCM.

Anhembi

Foto: internet

O Tribunal de Contas do Município (TCM) suspendeu uma licitação aberta pela gestão João Doria (PSDB) para contratar uma instituição financeira que cuidará de todo o processo de privatização do Complexo do Anhembi, que inclui o sambódromo e o pavilhão de exposições, na zona norte de São Paulo. O negócio será feito por meio da venda da São Paulo Turismo (SPTuris), empresa de eventos da Prefeitura dona do complexo, em leilão na Bolsa de Valores.

A suspensão do pregão foi determinada pelo conselheiro Domingos Dissei no último sábado, 23, a partir de uma representação feita pelos vereadores Eduardo Tuma (PSDB), Antonio Donato (PT), Isac Félix (PR) e David Soares (DEM). Os parlamentares alegaram que o edital da licitação, publicado em julho pela Secretaria Municipal de Desestatização e Parcerias, restringia a concorrência ao limitar a participação no certame aos bancos.

“A representação quer corrigir o erro formal cometido pela Secretaria de Desestatização porque a licitação não atendia à lei ao impedir a ampla concorrência”, disse Tuma. Segundo o edital, o banco contratado ficaria encarregado de fazer a avaliação econômico-financeira de toda estrutura do Anhembi que será privatizada, definir o preço mínimo, e executar a venda da SPTuris e seus ativos na Bolsa de Valares. O custo máximo previsto com o serviço é de R$ 11 milhões, mas a secretaria espera gastar menos do que isso.

Em seu despacho, o conselheiro Domingos Dissei afirma que uma auditoria feita pelo tribunal constatou dez irregularidades iniciais no edital. O documento foi retificado em agosto e, mesmo assim, segundo o TCM, restaram três “inconsistências”. São elas: falta de justificativa para agregar todos os serviços em um único contrato; falta de definição sobre as restrições de uso dos imóveis e das metodologias de avaliação, e restrição competitiva na licitação.

A gestão Doria afirma que não vai assinar o contrato de operação da privatização do Anhembi antes da aprovação do projeto de lei na Câmara Municipal. A expectativa é de que as duas votações ocorram até outubro e de que o leilão possa ser feito até o fim deste ano. O projeto prevê que os novos controladores da SPTuris terão de ceder o sambódromo à Prefeitura por até 60 dias por ano para a realização do carnaval.

Em nota, a Secretaria de Desestatização afirmou que “irá responder o mais rápido possível aos questionamentos levantados pelo tribunal para dar prosseguimento à contratação”. Segundo a pasta, “embora o projeto de lei para a venda da SPTuris ainda não tenha sido aprovado pela Câmara Municipal, é possível iniciar o processo para contratação da instituição” e “a contratação só será assinada quando o projeto for, de fato, aprovado pelo Legislativo”.

Ainda de acordo com a secretaria, “todas as dúvidas apontadas pelos vereadores estão sendo sanadas” e a secretaria vai participar de audiência pública convocada pela Câmara na próxima sexta-feira, 29, para debater a venda da SPTuris com a sociedade. “O objetivo é prestar todos os esclarecimentos possíveis para a sociedade e para os representantes do Legislativo municipal a respeito da venda desse ativo, que poderá trazer verba que será investida em áreas prioritárias como, saúde, educação, habitação, segurança, mobilidade e assistência social”.

A decisão de vender o Anhembi junto com a SPTuris foi tomada por Doria para facilitar a negociação na Bolsa. A Prefeitura colocará à venda sua participação acionária na companhia, que é de 97%. Além disso, com as privatizações do Anhembi e do Autódromo de Interlagos, também administrado pela SPTuris, a estatal municipal ficaria sem função. Hoje, a empresa tem cerca de 400 funcionários e receita anual de quase R$ 250 milhões

Fonte: Agência Estado / Fabio Leite

Anúncios

ADESP comemora 18 anos e realiza a segunda edição do Prêmio Benemérito do Carnaval Paulistano

A Associação dos Destaques das Escolas de Samba do Estado de São Paulo – ADESP, dentro das comemorações dos seus 18 anos realizará no dia 29 de setembro/17(Sexta-feira), a segunda edição do Prêmio Benemérito do Carnaval Paulistano destinados aos Destaques Carnavalescos e Personalidades do Samba.

Nesta oportunidade, além das outorgas dos prêmios, acontecerá também a entrega oficial da propositura de um Projeto de Lei onde se criará o “Dia do Destaque do Carnaval de São Paulo”, a ser comemorado no dia 11 de março de cada ano.

A solenidade acontecerá no Plenário 1º de Maio da Câmara Municipal de São Paulo – Palácio Anchieta, localizado no Viaduto Jacareí, 100 – 1º andar – Bairro da Bela Vista – São Paulo (SP).

convite adesp

Escolas do Grupo 1 da UESP se filiam a LIGA SP.

 

Meses de negociação e após votação positiva das agremiações o Grupo 1 passa a ser gerido integralmente pela Liga das Escolas de Samba de São Paulo que contará em seu quadro 34 afiliadas.

Sendo assim a LIGA SP vai gerir os desfiles do Anhembi e a UESP os desfiles realizados nos bairros, mas, algumas questões ainda não estão resolvidas, como: Regulamento e critérios de julgamento; Quantas escolas sobem e/ou descem para os grupos subsequentes; Regras de exclusividade; Ensaios Técnicos; Transmissão de TV…

Itens definidos: Jurados do Grupo 1 também serão geridos pela LIGA SP; Apuração será na terça-feira junto com o Grupo Especial e Acesso;

Veja a ordem dos desfiles:

Grupo Especial – Sambódromo do Anhembi – sexta-feira, 09/02/2018
1 – Independente
2 – Unidos do Peruche
3 – Acadêmicos do Tucuruvi
4 – Mancha Verde
5 – Acadêmicos do Tatuapé
6 – Rosas de Ouro
7 – Tom Maior

Grupo Especial – Sambódromo do Anhembi – sábado, 10/02/2018
1 – X-9 Paulistana
2 – Império de Casa Verde
3 – Mocidade Alegre
4 – Vai-Vai
5 – Gaviões da Fiel
6 – Dragões da Real
7 – Unidos de Vila Maria

Grupo de Acesso – Sambódromo do Anhembi – domingo, 11/02/2018
1 – Barroca Zona Sul
2 – Leandro de Itaquera
3 – Nenê de Vila Matilde
4 – Colorado do Brás
5 – Camisa Verde e Branco
6 – Águia de Ouro
7 – Pérola Negra
8 – Imperador do Ipiranga

Grupo 1 – Sambódromo do Anhembi – segunda, 12/02/2018
1 – Uirapuru da Mooca
2 – Dom Bosco
3 – Brinco da Marquesa
4 – Combinados de Sapopemba
5 – Amizade Zona Leste
6 – Estrela do Terceiro Milênio
7 – Torcida Jovem
8 – Santa Bárbara
9 – Camisa 12
10 – Mocidade Unida da Mooca
11 – Morro da Casa Verde
12 – Tradição Albertinense

Tucuruvi faz festa dos pilotos

Colaboração e crédito das Fotos: Renato Cipriano / Assessor de Imprensa Tucuruvi

Na noite do último sábado (16), a Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi, do grupo especial de São Paulo, realizou uma grande festa no salão nobre do Clube Guapira, situado na zona norte da capital paulistana, para a apresentação dos protótipos dos pilotos de suas fantasia para o carnaval 2018.

A agremiação que é Presidida por Sr.Jamil Elselan, reuniu toda a sua comunidade, amigos e convidados, em um evento que rolou madrugada a dentro deste domingo (17), tendo o término em torno das 5 horas da manhã.

Logo na abertura da festa, o Grupo de Samba ‘Segunda Sem Lei’ foi o grande responsável em animar a noite, que ainda contou com a apresentação da escola coirmã Sociedade Rosas de Ouro, que relembrou vários sambas antológicos na voz de seu intérprete oficial, o cantor Royce do Cavaco, com o show da bateria de Identidade ao comando do Mestre Rafa Oliveira.

No meio da festa o carnavalesco Flavio Campello, preparou várias apresentações teatrais que ajudaram a ilustrar o enredo “Uma noite no Museu”, inspirado na trilogia do filme de mesmo nome, porém com adaptações que serão contadas sobre museus situados no mundo inteiro.

Dentre o show dos segmentos da Tucuruvi, o público pode presenciar o gingado e o carisma da rainha de bateria, que trata-se da apresentadora Daniela Albuquerque, a qual já é presença confirmada por mais um ano a frente dos ritmistas da ‘Bateria do Zaca’, que possui no comando o Mestre Guma Sena, onde a beldade irá desfilar ao lado da Musa Cintia Mello, bailarina e professora de dança.

No carnaval de 2018 o Zaca como é conhecido carinhosamente entre os sambistas, será a terceira agremiação a se apresentar na sexta-feira de carnaval, dia 09 de fevereiro, sendo a primeira noite dos desfiles do grupo especial de São Paulo.

 

UESP abre inscrição para Curso de Avaliadores.

curso foormação avaliadores uesp
A União das Escolas de Samba Paulistanas (UESP), por meio da Escola de Formação de Avaliadores (EFA), está com inscrições abertas para o curso gratuito para Formação de Avaliadores de Desfiles de Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos.
A formação acontece entre os dias 7 de outubro e 26 de novembro de 2017, e é composta por aulas teóricas e práticas, divididas em três módulos com aulas sobre Música (Bateria/Harmonia/Samba Enredo), Dança (Comissão de Frente/Mestre-Sala e Porta-Bandeira/Evolução) e Visual (Enredo/Alegoria/Fantasia), além de abordar conteúdo específico sobre a história do Carnaval, sistema de concessão de notas, ética, normas e deveres dos avaliadores.

Podem participar pessoas com atuação em diversas áreas: Artes Plásticas, Música, Comunicação, Letras, entre outras. Para se inscrever, o candidato deve ter mais de 18 anos de idade e encaminhar até o dia 29 de setembro e-mail para efa@efcp.com.br com o titulo “ CURSO EFA 2018” solicitando a ficha de inscrição que deve retornar preenchida para o mesmo.

As aulas serão ministradas na sede da UESP (Rua Rui Barbosa, 588 – Bela Vista), aos sábados e domingos, das 9 às 18 horas, dependendo do módulo escolhido. A carga horária é de 30 horas e o cronograma do curso será entregue no primeiro dia de aula, cuja participação é obrigatória. Neste dia, o aluno deverá entregar a ficha de inscrição assinada, cópias dos documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de endereço), 1 foto 3X4 e do currículo relatando sua experiência no carnaval.

“Os participantes que concluírem satisfatoriamente o curso receberão um certificado de conclusão emitido pela EFA e UESP. Cabe ressaltar que isso não implica em nenhuma obrigatoriedade em contratação como avaliador para o Carnaval 2018”, explica Alexandre Marcelino, diretor da EFA.

Mais informações podem ser obtidas pelo whatsapp (11) 98115-8034.

Fonte: Redes Sociais/UESP

Boêmios da Vila apresenta Corte Carnaval 2018

A Escola de Samba Boêmios da Vila, prestes a completar 28 anos de idade e já se movimentando para fazer seu terceiro desfile pelo Grupo II da UESP, Butantã, apresenta sua Corte para o Carnaval 2018, composto de Rainha da Bateria, Rei da Bateria e Rainha da Diversidade.

corte boemios 2018

A Rainha da Bateria, Fabielle Souza, já fazia parte da corte como Princesa, e assume o posto de Rainha após a saída, espontânea, da Rosangela Babalu, que deixou o posto para investir em novos projetos profissionais e pessoais, o Rei da Bateria, Eduardo Perachini segue, rumo ao segundo ano de reinado e para reforçar o time entra em campo a Eliabe Furação, Rainha da Diversidade.

ELIABE FURACÃO

Ter uma Rainha à frente de uma Bateria é comum, ter um Rei está se tornando comum, pois acredito que isso reforça a figura de Momo (atualmente, fruto das transformações, este espaço não é mais privilégio, só, dos “gordos”,  coisa impensável até há poucos anos). Mas a novidade é a Rainha da Diversidade que chega para representar a multiplicidade do Carnaval, para reafirmar as transformações pelas quais tem passado nossa sociedade e mostrar que o Carnaval é uma celebração inclusiva, tem espaço para tod@s. – Esclarece J. Ivo Brasil (Carnavalesco).

Para 2018 a Escola de Samba Boêmios da Vila leva para a avenida o enredo: DA NATUREZA AO CARNAVAL. TUDO SE RECRIA, NADA SE PERDE, TUDO SE TRANSFORMA ATÉ EM FANTASIA.   

“Nosso enredo vem falando, basicamente, de transformação. Nele a gente dá uma pincelada na ciência, mais especificamente na química, grande responsável pela transformação de matérias diversas em muitos produtos que usamos no desenvolvimento de nosso carnaval. Falamos de transformação social, transformação cultural… folclore brasileiro, que se apropria muito bem do termo transformação…e falamos também do carnaval, um dos grandes responsáveis por muitas mudanças sociais do século passado. Quando o asfalto subiu o morro e finalmente o morro pôde descer para o asfalto e juntos caírem nos braços de momo.” – Completa J.Ivo Brasil.

Inscrições abertas para o 1° Festival de Roda de Samba SP

Festival-de-Roda-de-Samba-SP

Eternizado como patrimônio cultural imaterial do estado de São Paulo, através do Projeto de Lei da deputada Leci Brandão, o samba é a herança do passado reapropriada no presente e transmitida para as gerações futuras. E nada melhor que comemorar durante o “1º. Festival de Roda de Samba de São Paulo”, que acontece nos dias 17 de setembro e 01 de outubro, na casa de shows Estação Mandaqui, localizada na zona norte da cidade, sempre a partir das 15 horas.

LEI - SAMBA PATRIMONIO CULTURAL IMATERIAL DO ESTADO SP

O evento é organizado pelo bloco carnavalesco “É do Samba” com o apoio cultural da Gope, White Energy Drink, M.Dias Design, Studio Infinite Arquitetura, Es Esa Moda, Brabu Italian Design, Coutinho Eventos, Revista Paulista, InformaSamba, Sincoplastic, Casa Castro e Buffet Manaus.

FICHA DE INSCRIÇÃO 1º FESTIVAL DE RODA DE SAMBA DE SP

Serviço:
“1º. Festival de Roda de Samba de São Paulo”
Dias 17.09 e 01.10
Domingos a partir das 15 horas
Ingressos: R$ 20,00
Estação Mandaqui
Av. Eng. Caetano Àlvares, 5544
Informações: 9.9797.1438
Facebook: @blocoedosamba
Assessoria de Imprensa:
Maurício Coutinho – 99803.9796

Conheça o enredo e o samba-enredo da INDEPENDENTE

Por
ZULEIKA FERREIRA
Whatsapp 11 99297-8407

Na madrugada do dia 06 de agosto/17, a Escola de samba Independente Tricolor, abriu as portas de sua sede social para receber aos seus convidados e apresentar o Enredo e Samba Enredo para o carnaval 2018. Com a quadra lotada e cheia de figuras monstruosas, um grande halloween se formou.

Independente Tricolor.jpeg

Com o enredo “Em cartaz: Luz, câmera e terror… Uma produção INDEPENDENTE!” a maior família tricolor proporcionou uma linda festa. Os carnavalescos Andre Cezari e Roberto Monteiros estavam irradiando alegria, ao notarem a comunidade completamente envolvida pelo tema, e  com um pocket show de monstros, invadindo o ambiente por todos os lados e causando espanto, dirigido pelo também carnavalesco e coreógrafo Anderson Rodrigues, foi o ápice da festa… em seguida, a bateria Ritmo Forte, aqueceu os seus tamborins e os intérpretes oficiais Pê Santana e Rafael Pinah soltaram a voz… “hoje o bicho vai pegar…”

Este slideshow necessita de JavaScript.

17519414-587c-4b46-88c5-364dd20a872d

A Rainha do carnaval de São Paulo Fernanda Catanoce e o Rei Momo Robson Santos, marcaram presença na festa e se encantaram ao conferir um pouco do espetáculo que será apresentado no próximo carnaval/2018.

Conheça a letra do samba enredo.

HOJE O BICHO VAI PEGAR, VEM VER
A PLATEIA DELIRAR, ENLOUQUECER
SAIU DA TELA, ENTROU NA MENTE
É O TERROR INDEPENDENTE

EM CARTAZ, UMA PRODUÇÃO ARREPIANTE
MEU FILME TRAZ CENAS DE PAVOR A CADA INSTANTE
É TEMPO DE FEITIÇARIA, A MAGIA ESTÁ NO AR
NA SANTA CHAMA, DEIXA A BRUXA QUEIMAR
A CARRUAGEM REVELA O GÊNIO MACABRO NACIONAL
FAZ O CINEMA VIBRAR NO CENÁRIO DO CARNAVAL
ZUMBIS TOMAM CONTA DA SELVA DE PEDRA
A LUTA DO BEM CONTRA O MAL, COMEÇOU
NAS RUAS O CAOS É ASSUSTADOR

TEM VAMPIROS ENTRANDO EM AÇÃO
A LUA BRILHA NA ESCURIDÃO
SEGUE O BAILE NO MEIO DO POVO
O LOBISOMEM ATACA DE NOVO

ESTRANHAS VISÕES, ASSOMBRAÇÕES
RESSURGEM CAUSANDO ESPANTO
SERÁ ILUSÃO NA EMBARCAÇÃO?
FANTASMAS EM TODOS OS CANTOS
FAMOSOS VILÕES DA HISTÓRIA
MARCARAM A NOSSA MEMÓRIA
NA NOITE DOS HORRORES
O FINAL QUE SEMPRE QUIS
FAZENDO A FESTA
SEM MEDO DE SER FELIZ

Independente Tricolor – Lançamento de Enredo e Samba-Enredo.

A Escola de Samba Independente Tricolor que ficou em segundo lugar no Grupo de Acesso, vai participar pela primeira vez do Grupo Especial do carnaval de São Paulo em 2018, já está a todo vapor com seus preparativos e CONVIDA toda comunidade do samba para o lançamento, consecutivo, de seu ENREDO e de seu SAMBA-ENREDO que acontecera no dia 05/08/2018, às 22h, na Rua Doze de Setembro, 259 – Vila Guilherme – São Paulo/SP.

Para maiores esclarecimentos  e  credenciamento de imprensa entrar em contato com: ZULEIKA FERREIRA (Whatsapp 11 99297-8407) e/ou https://www.facebook.com/zuleika.ferreira.1

IMG-0987

Contribuição/matéria: Zuleika Ferreira

20292739_1979263005652569_3481254132699589717_n

Em Cima da Hora lança samba-enredo 2018

A agremiação da zona sul de São Paulo finalizou a escolha de seu hino rumo 2018. Um desfile muito especial para todos os seus componentes, pois a escola completa 20 anos de fundação e junto com isso resolve homenagear, também, um dos grandes comunicadores da TV brasileira: Leão Lobo.

logo-em-cima-da-hora-paulistana

Acesse o link abaixo, fique por dentro do som e comecem a se preparar para cair na folia.

SAMBA ENREDO 2018 – EM CIMA DA HORA PAULISTANA

Escola de Samba EM CIMA DA HORA
Tema: Nos 20 anos da EM CIMA DA HORA… tem um leão na toca da coruja

Presidente: Jair Santos
Autor do samba enredo: Herbert Nogueira.

*O Chirriar da coruja
Vem me avisar
EM CIMA DA HORA, chegou.
Hoje eu vou para a avenida
Eu vou festejar.
As bodas deste amor….

E o Leão lobo
Não ia ficar fora dessa…
Chegou pra abrilhantar a nossa festa
Trouxe… Toda sua historia
Viva em nossa memoria
E vamos reviver aqui

De olho nas estrelas
Do Show de calouros
Programa do ratinho
Só fofocalizando
Cansado de injustiça
Tanta desigualdade
Partiu defendendo a massa
Buscando mais dignidade

Dignidade já
Dignidade já
Com o Leão, dignidade é já

E o Leão vem voando nas asas da coruja
E a coruja rugindo como um leão
E a zona sul explode de emoção

Vou te contar um segredo
Não conte a ninguém
Segredo não é fofoca
E todo mundo tem *